Latest news

BICMINHO aposta na região Minho como destino turístico

O BICMINHO e a Associação Comercial de Braga juntaram, na passada terça-feira, dia 18 de novembro, empresários do turismo para discutir o futuro do sector durante uma sessão que contou com a presença de mais de três dezenas de empresas do sector.

Afirmar o Minho como região turística. Este foi o tema base para a realização da sessão técnica intitulada “Turismo em Ação – Marcar a diferença!”, onde o presidente do BICMINHO, André Vieira de Castro, defendeu que a indústria turística deve saber tirar partido do significativo volume de negócios internacionais realizado pelas suas empresas. “Temos que saber aproveitar esta rede de embaixadores que são os empresários, que deveriam ser os primeiros porta-vozes do Minho, da região e da sua promoção, dado que recebem clientes e fornecedores, que exportam e importam”, referiu André Vieira de Castro.

Segundo o presidente do BICMINHO, “o destino Minho perdeu importância” com a criação da Entidade Regional de Turismo Porto e Norte de Portugal, sustentando a ideia de “que hoje se confunde exclusivamente com o Douro”, propondo, por isso, uma união entre os operadores turísticos do Minho de forma a existir uma “oferta mais apetecível” aos visitantes que chegam cada vez em maior número ao aeroporto Sá Carneiro. André Vieira de Castro apontou ainda a importância de se “saber aproveitar uma economia tão internacionalizada como a do Minho”.


O presidente da Associação Comercial de Braga, Domingos Barbosa, mostrou-se de acordo. “O turismo tem tido um crescimento extraordinário na região”, afirmou, e é essencial “capacitar as empresas com recursos humanos e ferramentas” que lhes permitam ganhar poder de atração e dar resposta à procura crescente.

Foi essa principal finalidade desta ação, que contou com a presença de Madalena Dinis, do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, responsável pelo painel “Marketing Estratégico no Turismo”. Madalena Dinis destacou a grande oportunidade para o Minho em “ir buscar gente ao Porto que está cheio de turistas”, sugerindo aos empresários da região a captação de clientes através das agências de viagem online, que assumem um peso cada vez maior nas reservas em unidades hoteleiras. O turismo da região precisa de saber de ter “uma comunicação muito eficaz, muito focada e aproveitar as novas tecnologias”, apontou, e deu a conhecer aos participantes várias soluções práticas para promover eficazmente os seus negócios.

Goretti Silva, também ela representante do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, abordou o tema “Inovação e Desenvolvimento do Turismo Rural”. Goretti Silva sustentou que os principais desafios que se põem à oferta turística atualmente são “o aumento da capacidade empreendedora e inovação, a criação de produtos turísticos atrativos, a aposta na qualidade (em todas as vertentes e dimensões) e o envolvimento da comunidade local”. Esta qualidade, aplicada ao Turismo Rural terá, segundo a especialista, de se apoiar em três pilares base: ambiental e paisagístico, imaterial (cultura, organização e serviço prestado) e material (equipamentos e infraestruturas).

Sara Machado, Gestora de Projetos do BICMINHO, deu ainda a conhecer aos participantes o projeto Minho Empreende, que está a apoiar empresas e empreendedores da área do Turismo, localizados na região Minho.

O evento realizou-se no âmbito do projeto Minho Empreende – Competitividade e Empreendedorismo em Baixa Densidade, cofinanciado pelo programa ON.2 – O Novo Norte,  e destinou-se a empresas, instituições e empreendedores do setor do Turismo e áreas relacionadas.


 


Na Comunicação Social:




BICMINHOBICMINHO aposta na região Minho como destino turístico

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *